quarta-feira, 10 de março de 2010

MARTINS PENA



 Sobre a obra
O famoso provérbio “Quem casa, quer casa” está associado a esta peça teatral de ato único, que se passa no Rio de Janeiro, em 1845.

Na trama, o casal de filhos de Dona Fabiana casa-se com o casal de filhos de Anselmo. Os recém casados continuam morando com Dona Fabiana.

A confusão é tanta que resulta em várias brigas cômicas e Nicolau, marido de Dona Fabiana, é um “carola molengão” que não faz nada. É Anselmo quem resolve o problema de forma prática.

obre o autor

Luís Carlos Martins Pena nasceu no Rio de Janeiro (RJ), em 5 de novembro de 1815. Com apenas um ano de idade, ficou órfão do pai, João Martins Pena. Aos dez perdeu também a mãe, Francisca de Paula Julieta Pena.

Seus tutores o designaram para a vida comercial, tendo completado o curso do comércio em 1835. Porém, passou a freqüentar a Academia de Belas Artes, onde estudou arquitetura, estatuária, desenho e música. Simultaneamente, estudava línguas, história, literatura e teatro.

Em 1838, entrou para o Ministério dos Negócios Estrangeiros, onde exerceu cargos, até chegar ao posto de adido à Legação do Brasil em Londres. Fez crítica teatral como folhetinista em jornais, mas sua maior contribuição à literatura nacional foi como teatrólogo.

É considerado o fundador da comédia de costumes e, dotado de veia cômica, escreveu diversas comédias e farsas que alcançaram destaque na época e ainda são representadas com êxito. Faleceu em Lisboa, Portugal, em 7 de dezembro de 1848.
Dicionário inFormal

O dicionário de português gratuito para internet, onde as palavras são definidas pelos usuários. Uma iniciativa de documentar on-line a evolução do português.
Não deixe as palavras passarem em branco, participe definindo o seu português!


http://www.dicionarioinformal.com.br/

(http://www.gutenberg.org/

ANGÚSTIA

As minhas angústias
São amargas
Como o polém...
Elas vivem negras
E tem gosto de açúcar.
As minhas angústias
adormecem somente minhas.
Não navegam como o céu
Azul... turquesa, visto
Com outros olhos...
Detalhes de uma vida.
Vida apenas vista, enquanto
e padeço
Num sótão de alegrias
Mortas.

Um dia triste - 03/04/00 Xandy Britto

Dica de livros

Links legais

http://blogs.abril.com.br/agora

http://www.louvre.fr

http://marketinaweb.blogspot.com/

http://thirinhas.wordpress.com/

http://xandybritto.blogspot.com/

http://sandra-acasaenossa.blogspot.com

http://contoscantoseencantos.blogspot.com/

http://www.concursosliterarios.com.br

http://www.cbl.org.br/jabuti

http://www.ateliermeow.com

http://www.ultrapassandobarreiras.blogspot.com

http://escuteseusolhos.blogspot.com

http://www.neostesia.com

http://informlegal.blogspot.com/


http://marketing-na-web.blogspot.com

http://fatosetudo.blogspot.com

http://temtodasasmusicas.blogspot.com/

http://tododostempos.blogspot.com/

http://velozeseturbinados.blogspot.com



Arquivo do blog

Minha lista de blogs

Itens compartilhados de joyce

Labels