quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Foi convidado?

Se você foi convidado para essa festa preste atenção ao aviso.

domingo, 28 de dezembro de 2008

Itália e racismo

O texto abaixo, escrito em inglês, pode ser traduzido com o tradutor do Google,mas acho que vale a pena adiantar o assunto, pois é preciso que todos saibam que essas coisas acontecem.. È sobre as políticas xenofóbicas na Itália contra imigrantes, principalmente, ciganos. Também são descritos os tipos de ações feitas pela polícia tanto na Itália quanto na Espanha para assustar imigrantes.

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

The cure e ballet



VALE A PENA ASSISTIR, DANÇA E MÚSICA MARAVILHOSAS.

Mafalda

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Coisas de amor


terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Por um mundo melhor



A música visionária que fala de um mundo em que não haja guerras, nem violência...

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Matemática em falência




Lamentável, mas real...

Relato de uma professora de matematica - Evolução do Ensino


Relato de uma Professora de Matemática:

Semana passada comprei um produto que custou R$ 1,58.
Dei à balconista R$ 2,00 e peguei na minha bolsa 8 centavos, para evitar receber ainda mais moedas.
A balconista pegou o dinheiro e ficou olhando para a máquina registradora, aparentemente sem saber o que fazer.
Tentei explicar que ela tinha que me dar 50 centavos de troco, mas ela não se convenceu e chamou o gerente para ajudá-la.
Ficou com lágrimas nos olhos enquanto o gerente tentava explicar e ela aparentemente continuava sem entender.
Por que estou contando isso?
Porque me dei conta da evolução do ensino de matemática desde 1950, que foi assim:

1. Ensino de matemática em 1950:
Um cortador de lenha vende um carro de lenha por R$ 100,00.
O custo de produção desse carro de lenha é igual a 4/5 do preço de venda .
Qual é o lucro?

2. Ensino de matemática em 1970:
Um cortador de lenha vende um carro de lenha por R$ 100,00.
O custo de produção desse carro de lenha é igual a 4/5 do preço de venda ou R$ 80,00.
Qual é o lucro?

3. Ensino de matemática em 1980:
Um cortador de lenha vende um carro de lenha por R$ 100,00.
O custo de produção desse carro de lenha é R$ 80,00.
Qual é o lucro?

4. Ensino de matemática em 1990:
Um cortador de lenha vende um carro de lenha por R$ 100,00.
O custo de produção desse carro de lenha é R$ 80,00.
Escolha a resposta certa, que indica o lucro:
( )R$ 20,00 ( )R$40,00 ( )R$60,00 ( )R$80,00 ( )R$100,00

5. Ensino de matemática em 2000:
Um cortador de lenha vende um carro de lenha por R$ 100,00.
O custo de produção desse carro de lenha é R$ 80,00.
O lucro é de R$ 20,00.
Está certo?
( )SIM ( ) NÃO

6. Ensino de matemática em 2008:
Um cortador de lenha vende um carro de lenha por R$100,00.
O custo de produção é R$ 80,00.
Se você souber ler coloque um X no R$ 20,00.
( )R$ 20,00 ( )R$40,00 ( )R$60,00 ( )R$80,00 ( )R$100,00





E o futuro...o que nos reserva???


(circulando na internet)

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Vamos ajudar o pai do Lucas



Procuro desesperadamente meu filhode 3 anos desaparecido desde
21/06/2008. AJUDEM POR FAVOR A DiVULGAR A FOTO.


Att


Lạro Daiprai


Arvorezinha carnes e derivados


51-3233-2323

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

História de bichos


"A História do meu Bicho" é uma brincadeira interativa em que os donos dos animais "entraram na pele" de seus bichos de estimação para contar a história deles. Em menos de duas semanas, o UOL Bichos recebeu mais de 700 e-mails de todos os cantos do país. As melhores histórias foram selecionadas e resumidas pela equipe do UOL Bichos. Boa leitura.

Leia uma delas de Marisa Petcov
Deu pau no computador!

Olá. Eu sou a Baixinha e moro na casa da Marisa, que é minha dona. Ela é muito legal, sempre compra a comida de que eu mais gosto e me deixa ficar nos lugares em que não deveria ficar.

Uma noite, eu estava dormindo sobre o monitor do computador -pois lá é muito quentinho-, acordei passando mal e vomitei sobre o aparelho. Sabe o que ela fez? Nada! Apenas limpou.

Depois eu a vi ligando para seu técnico e reclamando que havia sentido um cheiro de queimado ao ligar o aparelho.

Eu não senti nada.

Deve ser por isso que agora ela mantém o quarto fechado e não me deixa entrar.

Não tenho do que reclamar. Moro com mais seis gatos: alguns são meus filhos e outros meus irmãos, mas só eu tenho o privilégio de ficar dentro de casa. Minha dona não é legal comigo?

Dica de livro Tim Maia


Quarta-feira, 3 de Dezembro de 2008
Download Vale Tudo: O Som e a Furia de Tim Maia
Preto, gordo e cafajeste, formado em cornologia, sofrências e deficiências capilares." Era assim que Tim Maia , o cantor que integrou o soul e o funk aos ritmos brasileiros se definia. A partir de uma pesquisa assombrosa e de uma intensa convivência com Tim Maia, o jornalista e produtor musical Nelson Motta conta, no ritmo irresistível do rei do samba-soul, a sua história de som, fúria e gargalhadas.

Tamanho: 828 KB
(Texto e foto extraídos de MegaAlexandria

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Agradecendo e repartindo novos selos! (2)

Agradecendo e repartindo novos selos! (2)

Poema

Procura

Não quero
esta manhã cinza
entre estas paredes
cinzas.
Cadê o
azul
azul celeste
azulzinho
da minha manhã no mar?

Soares Feitosa

domingo, 14 de dezembro de 2008

Cibercrimes


Internet
YouTube cria canal de combate aos cibercrimes
Da Redação - 11/12/2008 - 18:21
São Paulo, 11 de dezembro de 2008 – O Google lançou nesta quinta-feira um canal especial no YouTube, chamado Abuse and Safety Center, que fornece dicas de segurança na web e combate aos cibercrimes.

A página, que por enquanto está disponível em inglês, foi desenvolvida para orientar os internautas, inclusive os pais, sobre como se proteger contra spam, conteúdos maliciosos e exploração sexual.

Ao clicar no ícone, o visitante da página escolhe que tipo de orientação deseja receber. O conteúdo foi criado por especialistas em segurança online. Entre as dicas, o Abuse and Safety pede aos usuários que notifiquem a central caso percebam que estão sofrendo algum tipo de ameaça ou risco virtual.

Crianças de hoje


CONVERSA DE DUAS CRIANÇAS!!!! (circulando na internet)

- E aí, véio?
- Beleza, cara?
- Ah, mais ou menos. Ando meio chateado com algumas coisas.
- Quer conversar sobre isso?
- É a minha mãe. Sei lá, ela anda, tipo assim, falando umas coisas estranhas, me botando um terror, sabe?
- Como assim?
- Por exemplo: há alguns dias, antes de dormir, ela veio com um papo doido aí. Mandou eu dormir logo senão uma tal de Cuca ia vir me pegar. Mas eu nem sei quem é essa Cuca, pô. O que eu fiz pra essa mina querer me pegar? Você me conhece desde que eu nasci, já me viu mexer com alguém?
- Nunca.
- Pois é. Mas o pior veio depois. O papo doido continuou. Minha mãe disse que quando a tal da Cuca viesse, eu ia estar, tipo assim, sozinho, porque meu pai tinha ido pra roça e minha mãe passear. Mas tipo, o que meu pai foi fazer na roça? E mais: como minha mãe foi passear se eu tava vendo ela ali na minha frente? Será que eu sou tipo adotado, cara?

- Sabe a sua vizinha ali da casa amarela? Minha mãe diz que ela tem uma hortinha no fundo do quintal. Planta vários legumes. Será que sua mãe não quis dizer que seu pai deu um pulo por lá?
- Hmmmm. pode ser. Mas o que será que ele foi fazer lá? VIXE! Será que meu pai tem um caso com a vizinha?
- Como assim, véio?
- Pô, ela deixou bem claro que a minha mãe tinha ido passear. Então ela não é minha mãe. Se meu pai foi na casa da vizinha, vai ver eles dois tão de caso. Ele passou lá, pegou ela e os dois foram passear. É isso, cara. Eu sou filho da vizinha. Só pode!
- Calma, maninho. Você tá nervoso e não pode tirar conclusões precipitadas.
- Sei lá. Por um lado pode até ser melhor assim, viu? Fiquei sabendo de umas coisas estranhas sobre a minha mãe.
- Tipo o quê?
- Ela me contou um dia desses que pegou um pau e atirou em um gato. Assim, do nada. Puta maldade, meu! Vê se isso é coisa que se faça com o bichano!
- Caramba! Mas por que ela fez isso?
- Pra matar o gato. Pura maldade mesmo. Mas parece que o gato, tipo assim, não morreu.
- Ainda bem. Pô, sua mãe é perturbada, cara.
- E sabe a Francisca ali da esquina?
- A Dona Chica? Sei sim.
- Parece que ela tava tipo junto na hora e não fez nada. Só ficou lá, paradona, tipo admirada vendo o gato berrar de dor.
- Putzgrila. Esses adultos às vezes fazem cada coisa tipo que não dá pra entender.
- Pois é. Vai ver é até melhor ela não ser minha mãe, né? Ela me contou isso de boa, cantando, sabe? Como se estivesse, tipo assim, feliz por ter feito essa selvageria. Um absurdo. E eu percebo também que ela tipo não gosta muito de mim.
Esses dias ela ficou tentando me assustar, fazendo um monte de careta.
Eu não achei legal, né. Aí ela começou a falar tipo que ia chamar um boi com cara preta pra me levar embora.
- Nossa, véio. Com certeza ela não é sua mãe. Nunca que uma mãe ia fazer isso com o filho.

- Mas é ruim saber que o casamento deles é essa zona, né? Que meu pai sai com a vizinha e tal. Apesar que eu acho que ele também leva uns chifres, sabe? Um dia ela me contou que lá no bosque do final da rua mora um cara, que eu imagino que deva ser muito bonitão, porque ela chama ele de 'Anjo'. E ela disse, tipo assim, que o tal do Anjo roubou o coração dela. Ela até falou um dia que se fosse a dona da rua, mandava colocar ladrilho em tudo, só pra ele pode passar desfilando e tal.
- Nossa, que casamento bagunçado esse. Era melhor separar logo.
- É. Só sei que tô tipo cansado desses papos doidos dela, sabe? Às vezes ela fala algumas coisas sem sentido nenhum. Ontem mesmo veio me falar que a vizinha cria perereca em gaiola, cara. Vê se pode? Só tem louco nessa rua.

- Ixi, cara. Mas a vizinha não é sua mãe?
- Putz, é mesmo! Tô ferrado, tipo assim, de qualquer jeito.

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Poema/ Rami

Pedidos a papai Noel


21/12/2005 - 11h32
Correio pede voluntário para adotar carta de Natal
GIOVANNA BALOGH
do Agora

De cesta básica para uma família até uma BMW para uma professora. Os pedidos enviados por cartas ao Papai Noel são os mais diferentes possíveis. Porém, a esperança de quem escreve as cartas é a mesma: conseguir realizar o sonho. Alguns desses pedidos têm sido atendidos, nos últimos três anos, por pessoas, empresas ou por funcionários dos Correios que adotam algumas das milhares de cartas enviadas.

Os desejos mais simples, como roupas, brinquedos e alimentos, são os mais atendidos nas cartas empilhadas nos postos de adoção. Nesses locais, funcionários fazem um trabalho voluntário lendo e separando os pedidos.

A triagem facilita a escolha do voluntário. "O que mais emociona é uma criança que pede comida ou emprego para os pais", disse um dos papais noéis dos Correios, Manolo Basto, 49. Há três anos, ele e a mamãe noel Marta Franco, 42, se fantasiam e levam presentes às casas das crianças.

O funcionário dos Correios Avelar Lima, 48, diz que adora ajudar. Pelo segundo ano ele dá presente a uma moradora de rua que escreve ao bom velhinho. Neste ano, ela pediu um tênis para o filho e uma calça para ela. "Em 2004 dei a ceia de Natal", contou Lima, que lê anualmente centenas de cartas e faz questão de entregar pessoalmente o presente.

Até ontem, cerca de 17 mil cartas já haviam sido recebidas em todo o Estado. A expectativa é que o número de adoção com pedidos das cartas supere as 3.000 de 2004.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Contando histórias


Vejam o maravilhoso site que conta histórias. Vale a pena.

http://www.contandohistoria.com/comunica.htm

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Quem se importa?


Imagens de ilustrações de Maxfield Parrish para o conto"Ali-Babá e os quarenta ladrões"


O valor de cada um ( circulando na internet)
Adriana Vandoni




Na semana passada ocorreram dois casos emblemáticos. Um em meio ao desastre ocorrido em Santa Catarina, e, por mais doloroso que toda aquela destruição causou, foi de lá que veio uma luz emblemática sobre o valor do nosso povo. O outro ocorreu na câmara dos deputados.

Enquanto a Comissão de Ética (sic) da Câmara inocentava Paulinho da Força, aquele sindicalista profissional, que subiu na hierarquia e se tornou deputado desviando recursos do FAT (fundo de amparo ao trabalhador) e se diz vítima de perseguição política, em Santa Catarina o povo lutava para sobreviver em meio ao desastre. Um morador, já idoso, tentava de todo jeito convencer um bombeiro a deixá-lo entrar na sua casa, interditada pela defesa civil. Apreensivo, o idoso explicou que precisava pegar um carnê de prestação de uma moto. Ao ver que o bombeiro ficara surpreso com aquilo, o senhor lhe disse: “olha, eu não quero perder o único bem que ainda me resta: o meu nome; eu tenho que pagar o carnê que está vencido”.

Essa é a questão. O valor do nome. Alguns têm um nome a honrar, outros não se incomodam e muito menos perdem sono ao serem denunciados ou pegos roubando. Pior: riem e debocham. Essas pessoas que saem, sabe-se lá de onde, tornam-se políticos tendo parâmetros de honra distorcidos ou simplesmente não os tendo.

Fartam-se do produto do seu roubo, valem-se da complacência dos seus pares e se resguardam na frouxidão da lei e no famigerado “cabe recurso”.

Certa vez eu estava falando com o afilhado de um político de Mato Grosso, talvez o político mais medíocre que já tenha surgido por estas bandas, e, durante a conversa não muito amigável, o afilhado, que ocupava a diretoria de uma estatal, referiu ao seu padrinho com uma frase: “eu confio mais no deputado Fulano que em meu pai”. Eu respondi: “cada um sabe o pai que tem e sendo seu pai, eu acredito em você”. Nunca soube se ele entendeu o que eu quis dizer, o que sei é que a falta de caráter do político acabou o levando à Câmara Federal. Deve estar fazendo lá o mesmo que sempre fez aqui, e, se por acaso for pego no flagra, certamente contará com a complacência dos seus pares tão ou mais corruptos que ele.

Essas pessoas de parâmetro de honra distorcido acreditam que o bem mais valioso que possuem é o poder e para aumentá-lo e preservá-lo, estão dispostos a tudo. Tudo mesmo. Aprenderam a seguir a cartilha de que o dinheiro compra o poder. E neste país, compra mesmo; se não compra... “cabe recurso”. O dinheiro lhes garante um próspero futuro, só não lhes compra um passado digno. Mas quem se importa com isso???

Site: www.adrianavandoni.com.br

domingo, 7 de dezembro de 2008

Vinícius de Moraes



SONETO DO AMIGO
Vinicius de Moraes

Enfim, depois de tanto erro passado
Tantas retaliações, tanto perigo
Eis que ressurge noutro o velho amigo
Nunca perdido, sempre reencontrado.

É bom sentá-lo novamente ao lado
Com olhos que contêm o olhar antigo
Sempre comigo um pouco atribulado
E como sempre singular comigo.

Um bicho igual a mim, simples e humano
Sabendo se mover e comover
E a disfarçar com o meu próprio engano.

O amigo: um ser que a vida não explica
Que só se vai ao ver outro nascer
E o espelho de minha alma multiplica...

Esta mensagem foi enviada por Chico Nogueira.

sábado, 6 de dezembro de 2008

Verdades e mentiras na internet







VERDADES E MENTIRAS DA INTERNET
Aranhas encontradas no deserto de Iraque
Verdadeiro

A criatura na foto em realidade não é exatamente uma aranha, são os solífugos ou solpugídeos (conhecidas como aranhas camelo ou escorpiões do vento). Junto com as aranhas, são membros da classe dos aracnídeos.
Aranhas encontradas no deserto de Iraque



Verdadeiro

A criatura na foto em realidade não é exatamente uma aranha, são os solífugos ou solpugídeos (conhecidas como aranhas camelo ou escorpiões do vento). Junto com as aranhas, são membros da classe dos aracnídeos.




Tsunami invadindo Phuket, Tailândia


Falso

Não é necessário citar nenhuma fonte ao ver esta edição digital tosca e mal feita.

O maior cão do mundo


Falso

Inicialmente circulou a foto sem nenhum dado. Depois passou a ser "Hercules, o maior cão do mundo". Hercules é devido a que, realmente, o maior cão do mundo tenha este mesmo nome. É um mastim que aparece na foto acima, mostrada no blog do verdadeiro dono do cão que mora em Massachusets.


A ponte mais alta do mundo.


Verdadeiro

Esta imagem é uma panorâmica da Ponte Millau (formalmente conhecida como Viaduc de Millau, a ponte veicular mais alta do mundo.

Gêmeas Branca e Negra


Verdadeiro

As fotografias e história deste caso apareceram numa variedade de blogs e sites do mundo todo. Em abril de 2005 Kylie Hodgson teve, por cesárea, gêmeas fraternas, um caso extremamente raro. As possibilidades de que isso aconteça é de 1 em 1 milhão. Ambos os pais eram filhos de mães brancas e pais negros. As meninas nasceram com olhos azuis.

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

símbolos da pedofilia






AO ENCONTRAR UM SÍMBOLO DESSES, AVISE IMEDIATAMENTE A POLÍCIA.
SÍMBOLOS DE PEDOFILIA


ATENÇÃO A ESSES SIMBOLOS DE PEDOFILIA


O FBI produziu um relatório em Janeiro sobre pedofilia. Nele estão colocados uma serie de símbolos usados pelos pedófilos para se identificar. Os símbolos são, sempre, compostos pela união de 2 semelhantes, um dentro do outro. A forma maior identifica o adulto, a menor a criança. A diferença de tamanho entre elas demonstra a preferência por crianças maiores ou menores.
Homens são triângulos, mulheres corações.
Os símbolos são encontrados em sites, moedas, jóias (anéis, pingentes,.. .) entre outros objetos.


O link abaixo leva a uma copia em .pdf do relatório aonde os símbolos são mostrados. Acho os pedófilos a pior escoria da humanidade e conhecer esses símbolos para poder identificar essas pessoas é o mínimo que podemos fazer. Ao encontrar um símbolo desses, avisar a policia. https://secure. wikileaks. org/leak/ FBI-pedophile- symbols.pdf





Os triângulos representam homens que adoram meninos (o detalhe cruel é o triângulo mais fino, que representam homens que gostam de meninos bem pequenos);

o coração são homens (ou mulheres) que gostam de meninas e a borboleta são aqueles que gostam de ambos. De acordo com a revista, são informações coletadas pelo FBI durantes suas investigações. A idéia dos triângulos e corações concêntricos é a da figura maior envolvendo a figura menor, numa genialidade pervertida de um conceito gráfico. Existe um requinte de crueldade, pois esses seres fazem questão de se exibirem em código para outros, fazendo desses símbolos bijuterias, moedas, troféus, adesivo e o escambau. Infelizmente, é o design gráfico a serviço do mal.


SE VIR EM ALGUM CANTO , DENUNCIE!!!! !!!!!











https://secure. wikileaks. org/leak/ FBI-pedophile- symbols.pdf







Essa escória deve ser denunciada e nós como sociedade devemos nos unir.
No Brasil o telefone para denúncias é 100, não apenas para denunciar a prática de pedofilia, mas como qualquer tipo de violência contra crianças.

Vamos nos unir para defender quem não tem forças para isso.( circulando na internet)

CONTEMPORANEOS CAOS - TERRORISMO POÉTICO E OUTROS CRIMES EXEMPLARES






Caos - Terrorismo Poético e outros Crimes Exemplares
Hakim Bey

Hakim Bey, o misterioso "Profeta do Caos", volta às livrarias para continuar a confusão iniciada com seu TAZ ­ Zona Autônoma Temporária, também publicado pela Conrad Editora. Não há como passar imune pela prosa/poesia deste livro. E não espere idéias prontas, lugares-comuns e ortodoxia de qualquer espécie. Não se pode pretender um manual de alívio de consciência de alguém que une coisas tão distintas como Artaud, Bakunin, Nietzsche, Situacionismo, Filosofia Sufi e heresias de todas as ordens. E aqueles que consideraram Hakim Bey um filósofo político, um mero artífice de cartilhas doutrinárias, fujam deste livro: o autor se levanta contra aquilo que chama de masoquismo revolucionário e de auto-sacrifício idealista, além de atacar/perverter toda tradição da esquerda ocidental. TODAS. Do Caos e para o Caos, ergue o que ele chama de Associação para a Anarquia Ontológica.Terrorismo Poético, Paganismo, Arte-Sabotagem, Misticismo, Pornografia, Crime.Estes são apenas alguns dos "pretextos"dos quais Bey parte para nos desafiar com sua linguagem delirante, brutal, absurda por vezes."Dadaísmo/Surrealismo linha-dura", como bem observou um crítico. A linguagem do desejo. Definitivamente, este não é um livro para espíritos conservadores.

O Autor
Não há fotos de Hakim Bey. Milhares de histórias a respeito de quem ele seria correm soltas pela internet. A mais freqüente diz que Bey teria sido um poeta em algum lugar do norte da Índia, que por questões políticas fora obrigado a fugir para a Inglaterra e depois, devido ao envolvimento em uma ação terrorista, teria se refugiado em Nova York. Sabe-se que ele viveu muito tempo no Irã, mas suas atividades nesse país ainda continuam um mistério. Quando a Times tentou entrevistá-lo, Bey se recusou e passou um tempo desaparecido. Mas nada disso impediu que se tornasse um dos autores mais discutidos do mundo atual. Cogita-se até que Hakim Bey seja Peter Lamborn Wilson (ou vice-versa), cujo livro Utopias Piratas -­ Mouros, Hereges e Renegados também foi publicado pela Conrad Editora.

Formato: 14 cm x 21 cm
Número de páginas: 120
ISBN: 85-87193-93-7

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

O tempo passa



terça-feira, 2 de dezembro de 2008

futebol humor dicas tutoriais receitas dietas Blogue-do-Monstro


Perigo na Internet


TODOS TÊM QUE LER ISTO E FAZER COM QUE SEUS FILHOS, SOBRINHOS, E MUITOS MENINOS E MENINAS O LEIAM TAMBÉM!(circulando na internet)

Após deixar seus livros no sofá ela decidiu comer um lanche e entrar online. Conectou-se com o seu nome na tela: Docinho14. Revisou sua lista de amigos e viu que Meteoro123 estava conectado. Ela enviou uma mensagem instantânea:

Doçinho14: Oi. Que sorte que vc está aí! Pensei que alguém me seguia na rua hoje. Foi esquisito mesmo!

Meteoro123: RISADA. Vc assiste muita TV. Por que alguém te seguiria? Vc não mora em um bairro seguro?

Docinho14: Com certeza. RISADA. Acho que imaginei isso porque não vi ninguém quando virei.

Meteoro123: A menos que vc tenha dado teu nome online. Vc não fez isso, né?

Docinho14: Claro que não. Não sou idiota, vc já sabe.

Meteoro123: Você jogou vôlei depois do colégio hoje?

Docinho14: Sim e ganhamos!

Meteoro123: Ótimo! Contra quem?

Docinho14: Contra as Vespas do Colégio Sagrada Família. RISADA. Seus uniformes são um nojo! Pareciam abelhas.. RISADA

Meteoro123: Como se chama teu time?

Docinho14: Somos os Gatos de Botas. Temos garras de tigres nos uniformes.. São muito legais.

Meteoro123: Você joga no ataque?

Docinho14: Não, jogo na defesa. Tenho que sair. Tenho que fazer minha tarefa antes que cheguem meus pais. Não quero que fiquem bravos. Tchau!

Meteoro123: Falamos mais tarde. Tchau.

Entretanto Meteoro123 foi ao menu de membros e começou buscar sobre o perfil dela. Quando apareceu, copiou e imprimiu. Pegou uma caneta e anotou o que sabia de Docinho até agora.

Seu nome: Tatiane

aniversário: Janeiro 3, 1993.

Idade.: 13.

Cidade onde vive.: Santo Antônio da Platina, estado do Paraná.

Passatempos: vôlei , inglês, natação e passear nas lojas.

Além desta informação sabia que vivia em Santo Antônio da Platina porque lhe tinha contado recentemente. Sabia que estava sozinha até as 6.30 PM todas as tardes até que os pais voltavam do trabalho. Sabia que jogava vôlei nas quintas feiras de tarde com o time do colégio, os Gatos de botas.

Seu numero favorito, o 4, estava estampado na sua jaqueta. Sabia que estava na oitava série no colégio Sebastião Paraná. Ela tinha contado tudo em conversas online.

Agora tinha suficiente informação como para encontrá-la. Tatiane não contou a seus pais sobre o incidente ao voltar do parque. Não queria que brigassem com ela e que lhe impedissem voltar caminhando dos jogos de vôlei.

Os pais sempre exageram e os seus eram os piores. Ela teria gostado não ser filha única.

Talvez se tivesse irmãos seus pais não tivessem sido tão sobre-protetores. Na quinta feira Tatiane já tinha esquecido que alguém a seguia. Seu jogo estava em plena ação quando de repente sentiu que alguém a observava. Então lembrou. Olhou desde sua posição para ver um homem observando-a de perto.

Estava inclinado contra a cerca na arquibancada e sorriu quando o viu.. Não parecia alguém de quem temer e rapidamente fugiu o medo que sentiu. Depois do jogo, ele sentou-se num dos bancos enquanto ela falava com o treinador. Ela percebeu seu sorriso mais uma vez quando passou do lado.

Ele acenou com a cabeça e ela devolveu o sorriso. Ele percebeu seu nome nas costas da camiseta. Sabia que a tinha achado.

Silenciosamente caminhou numa distância certa atrás dela. Eram só umas quadras até a casa de Tatiane quando viu onde morava voltou logo ao parque para procurar seu carro.

Agora tinha que esperar. Decidiu comer algo até que chegou a hora de ir à casa de Tatiane. Foi a uma lanchonete e sentou até a hora de começar seu objetivo.

Tatiane estava no seu quarto, mais tarde essa noite, quando ouviu vozes na sala. 'Tati, vem!', chamou seu pai. Parecia perturbado e ela não imaginava o porquê. Entrou na sala e viu o homem do parque no sofá. 'Senta aí', começou seu pai, 'este senhor nos acaba de contar uma história muito interessante sobre você'.

Tatiane sentou-se. Como poderia ele contar-lhes qualquer coisa? Nunca o tinha visto antes de hoje!

'Você sabe quem sou eu?' perguntou o homem.

'Não', respondeu Tatiane.

'Sou polícia e teu amigo do chat, Meteoro123'.

Tatiane ficou pasmada. 'É impossível! Meteoro123 é um menino de minha idade!

Tem 14. e mora em Minas Gerais !'.

O homem sorriu. 'Sei que eu disse tudo isso, mas não era verdade. Veja, Tatiane, tem gente na internet que se faz passar por garotos; eu era um deles. Mas enquanto alguns o fazem para machucar crianças e jovens e fazer dano, eu sou de um grupo de pais que o faz para proteger as crianças dos malfeitores. Vim te encontrar para te ensinar que é muito perigoso falar online. Você me contou o suficiente sobre você como para eu te achar facilmente... Você me deu o nome da tua escola, do teu time e em que posição você joga.

O numero e o teu nome na jaqueta fizeram que eu te encontrasse rapidinho. Tatiane gelou. 'Você quer dizer que não mora em Minas Gerais ?'. Ele riu. 'Não, moro em Santo Antonio da Platina. Você se sentiu segura achando que morava longe, né?'

'Eu tinha um amigo cuja filha era como você. Só que ela não teve tanta sorte. O cara a encontrou e a assassinou enquanto estava sozinha em sua casa. Se ensina as crianças e jovens a não dizer pra ninguém quando que eles estão sozinhos, porém contam isso o tempo todo pela internet. As pessoas maldosas te enganam para tirar informação de aqui e de lá online. Antes de que você saiba você já lhes contou o suficiente como para ele te achar sem você perceber. Espero que você tenha aprendido uma lição disto e que não o faças de novo. Conta a outros sobre isto para que também estejam seguros'.

'Prometo que vou contar!'.

AGORA: Por favor envia isto a tantas pessoas que você possa para lhes ensinar a não dar informação sobre elas.. Este mundo em que vivemos hoje é perigosos demais, incluso como para dar a idade, isso sem falar de outras informações.

INCLUSIVE REENVIE ISTO A PESSOAS SEM FILHOS PARA QUE O ENVIEM A SEUS AMIGOS QUE TEM FILHOS E NETOS. CUIDADO COM AS INFORMAÇÕES QUE VC PASSA NO ORKUT OU MSN OU AINDA OUTROS.



O mundo está dominado pelo mal, e nós não podemos descuidar. Atenção, união e amor aos irmãos será a nossa proteção.

Incentivo à leitura


Do site: comunicação e informação na internet
gilbertoconsoni.com

Perca um livro de propósito e incentive a leitura
Publicado Terça-feira, Novembro 18, 2008 High tech
Tags: interação, Web 2.0, colaboração

Um serviço da web promete incentivar as pessoas a lerem livros, fazerem seus comentários do mesmo e depois os perderem para que outros os encontrem. O sistema parece simples: acessa-se o sistema e se cadastra o livro colocando o local de onde será perdido, um código é gerado e uma etiqueta impressa com os dados da campanha e do serviço na web para serem colados na primeira página do livro.
Etiqueta Perca um Livro

A etiqueta gerada pelo sistema com o código do livro perdido deve ser anexada no livro

As pessoas acessam o site e descobrem onde os livros serão perdidos e a idéia é que outros os encontrem, leiam e depois os percam novamente, informando o sistema para que terceiros venham a achá-los também. Com isso, cria-se uma rede de leitura de um único livro.

Pensei em fazer um teste e perder um livro para ver se alguém o encontra e depois vir a rastreá-lo no sistema. Mas, confesso que fiquei um tanto receoso ao se tratar de Brasil (segundo o site a prática é internacional). Será que as pessoas que o encontrarem agirão de boa fé e seguirão a prática proposta?

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Crônica "Eu sei, mas não devia"

Eu sei, mas não devia

Eu sei que a gente se acostuma. Mas não devia.
A gente se acostuma a morar em aprtamentos de fundos e a não ter outra vista que não as janelas ao redor.E, porque não tem vista, logo se acostuma a não olhar para fora.E, porque não olha para fora, logo se acostuma a não abrir de todo as cortinas.

Texto de Marina Colasanti(1996)

Escute o texto inteiro no vídeo a seguir.
Novo Programa (do blog LivroClip)



O LivroClip acaba de lançar um novo programa interativo de literatura. A partir de hoje, os internautas podem assistir e arrriscar palpites no LivroQuiz, que vai ao ar todas as sextas. Clique lá: http://www.livroclip.com.br/index.php?acao=hotsite&cod=159










Crimes na Internet? Denuncie!

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Clique aqui e participe colocando informações no fórum do Ning. 'Ação de ajuda as vítimas das enchentes no sul do Brasil'

mensagem de moradores de Blumenau


-----


Mensagem de moradores de Blumenau
Mensagem original-----



De: ROSINELI FERNANDES [mailto:neli_fernandes@hotmail.com]
Enviada em: quarta-feira, 26 de novembro de 2008 10:06

Assunto: FW: TRISTEZA EM BLUMENAU




Bom dia!!! Gostaria de pedir a ajuda de todos que receberem esta mensagem!!!
Encaminho este e-mail que recebi de uma amiga que tem família em Santa Catarina.
Tem um telefone na mensagem, quem conseguir arrecadar doações pode ligar e combinar.

!!!VAMOS AJUDAR!!!
!!!E QUE DEUS PROTEJA A TODOS!!!

Abraço, Neli.



--------------------------------------------------------------------------------



Pessoal, Boa Tarde



Eu acredito que todos tem acompanhado pela TV e Internet a situação de calamidade publica que encontra-se SC e em especial minha cidade natal, Blumenau.

Muitas informações não são divulgadas e como toda nossa família é de lá, a situação é muito pior do que está sendo dito.

A cidade inteira está desabando pois ela está dentro de um vale, cheia de morros que não agüentam o volume de água e deslizam a todo momento

O numero de pessoas a óbito é muito maior do que o divulgado. Existem famílias inteiras soterradas, centenas. A cidade está sem energia e água potável somente em 2 semanas.

Em 1983 Blumenau teve a maior inundação de sua historia, mas esta bateu o recorde de 1983. Alem do estrondoso volume de água, a cidade literalmente desabou. Exatamente hoje, a cidade já não esta mais com água nas ruas, restou apenas o lodo e entulho por todo lugar onde se passa. O rio está lentamente voltando ao normal mas a cidade ainda encontra-se em alerta devido aos deslizamentos de terra. Muitas pessoas perderam tudo, não houve tempo de tirar nada e saíram apenas com a roupa do corpo. O que se vê nas ruas é um cenário de desolação total. Pessoas cobertas de lama e sangue, lodo por toda a cidade, um cheiro de esgoto e muitos, muitos cadáveres sendo retirados e postos nas calçadas pois o IML não consegue retirar tantos corpos de uma só vez. Ainda existem muitas pessoas presas nos morros sendo retiradas por helicópteros. A entrada da cidade está bloqueada pois existe risco constante de desabamentos. A cidade foi no sentido real da palavra, destruída. Por isso, venho pedir a vocês amigos e conhecidos, que se puderem doar qualquer coisa, uma roupa que vc não usa mais com tanto frequencia, qualquer alimento não perecivel, remédios, produtos de higiene, qualquer coisa que vcs puderem doar será muito bem vindo para essas pessoas que perderam tudo. Ao pessoal de Curitiba, basta nos ligar que iremos buscar a doação. Ao pessoal de SP, Taubaté, SJC, LG-Taubaté, centralizem as doações na Silvania da LG Taubaté/Logistica e pra quem for de qualquer outro lugar, nos liguem que daremos um jeito de retirar.



A situação é realmente critica! Por favor, doem qualquer coisa, até um chinelo velho será um grande presente de natal para esse povo que sofreu essa tragédia.



Eu estou pedindo isso a vocês com o coração na mão porque alem de ser a minha cidade, a minha gente, Blumenau é um lugar maravilhoso, povo acolhedor e hospitaleiro e isso é o mínimo que eu posso fazer pela minha cidade.



Estou encaminhando algumas fotos que minha cunhada me enviou para vocês verem a gravidade da situação.



O Natal está chegando. Vamos ajudar, vamos doar, vamos tentar fazer o natal dessas pessoas o menos doloroso possível.



O nosso telefone é (41) 3527-0351. Iremos buscar as doações em sua casa. Não importa que seja 1 lata de leite. Nós iremos buscar, pois se cada um doar um pouco, nós teremos muito.



Obrigada, muito obrigada a todos que puderem nos ajudar.



Helen, Sergio, Gabriel, Luiza e todo o povo de Blumenau









--
Abraços fraternos,

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Remédios que eram drogas





Propaganda de heroína da Martin H. Smith Company, de Nova York. A heroína era amplamente usada não apenas como analgésico, mas também como remédio contra asma, tosse e pneumonia. Misturar heroína com glicerina (e comumente açúcar e temperos) tornada o opiáceo amargo mais palatável para a ingestão oral.
Dicionário inFormal

O dicionário de português gratuito para internet, onde as palavras são definidas pelos usuários. Uma iniciativa de documentar on-line a evolução do português.
Não deixe as palavras passarem em branco, participe definindo o seu português!


http://www.dicionarioinformal.com.br/

(http://www.gutenberg.org/

ANGÚSTIA

As minhas angústias
São amargas
Como o polém...
Elas vivem negras
E tem gosto de açúcar.
As minhas angústias
adormecem somente minhas.
Não navegam como o céu
Azul... turquesa, visto
Com outros olhos...
Detalhes de uma vida.
Vida apenas vista, enquanto
e padeço
Num sótão de alegrias
Mortas.

Um dia triste - 03/04/00 Xandy Britto

Dica de livros

Links legais

http://blogs.abril.com.br/agora

http://www.louvre.fr

http://marketinaweb.blogspot.com/

http://thirinhas.wordpress.com/

http://xandybritto.blogspot.com/

http://sandra-acasaenossa.blogspot.com

http://contoscantoseencantos.blogspot.com/

http://www.concursosliterarios.com.br

http://www.cbl.org.br/jabuti

http://www.ateliermeow.com

http://www.ultrapassandobarreiras.blogspot.com

http://escuteseusolhos.blogspot.com

http://www.neostesia.com

http://informlegal.blogspot.com/


http://marketing-na-web.blogspot.com

http://fatosetudo.blogspot.com

http://temtodasasmusicas.blogspot.com/

http://tododostempos.blogspot.com/

http://velozeseturbinados.blogspot.com



Arquivo do blog

Minha lista de blogs

Itens compartilhados de joyce

Labels