sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Vamos ajudar o pai do Lucas



Procuro desesperadamente meu filhode 3 anos desaparecido desde
21/06/2008. AJUDEM POR FAVOR A DiVULGAR A FOTO.


Att


Lạro Daiprai


Arvorezinha carnes e derivados


51-3233-2323

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

História de bichos


"A História do meu Bicho" é uma brincadeira interativa em que os donos dos animais "entraram na pele" de seus bichos de estimação para contar a história deles. Em menos de duas semanas, o UOL Bichos recebeu mais de 700 e-mails de todos os cantos do país. As melhores histórias foram selecionadas e resumidas pela equipe do UOL Bichos. Boa leitura.

Leia uma delas de Marisa Petcov
Deu pau no computador!

Olá. Eu sou a Baixinha e moro na casa da Marisa, que é minha dona. Ela é muito legal, sempre compra a comida de que eu mais gosto e me deixa ficar nos lugares em que não deveria ficar.

Uma noite, eu estava dormindo sobre o monitor do computador -pois lá é muito quentinho-, acordei passando mal e vomitei sobre o aparelho. Sabe o que ela fez? Nada! Apenas limpou.

Depois eu a vi ligando para seu técnico e reclamando que havia sentido um cheiro de queimado ao ligar o aparelho.

Eu não senti nada.

Deve ser por isso que agora ela mantém o quarto fechado e não me deixa entrar.

Não tenho do que reclamar. Moro com mais seis gatos: alguns são meus filhos e outros meus irmãos, mas só eu tenho o privilégio de ficar dentro de casa. Minha dona não é legal comigo?

Dica de livro Tim Maia


Quarta-feira, 3 de Dezembro de 2008
Download Vale Tudo: O Som e a Furia de Tim Maia
Preto, gordo e cafajeste, formado em cornologia, sofrências e deficiências capilares." Era assim que Tim Maia , o cantor que integrou o soul e o funk aos ritmos brasileiros se definia. A partir de uma pesquisa assombrosa e de uma intensa convivência com Tim Maia, o jornalista e produtor musical Nelson Motta conta, no ritmo irresistível do rei do samba-soul, a sua história de som, fúria e gargalhadas.

Tamanho: 828 KB
(Texto e foto extraídos de MegaAlexandria

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Agradecendo e repartindo novos selos! (2)

Agradecendo e repartindo novos selos! (2)

Poema

Procura

Não quero
esta manhã cinza
entre estas paredes
cinzas.
Cadê o
azul
azul celeste
azulzinho
da minha manhã no mar?

Soares Feitosa

domingo, 14 de dezembro de 2008

Cibercrimes


Internet
YouTube cria canal de combate aos cibercrimes
Da Redação - 11/12/2008 - 18:21
São Paulo, 11 de dezembro de 2008 – O Google lançou nesta quinta-feira um canal especial no YouTube, chamado Abuse and Safety Center, que fornece dicas de segurança na web e combate aos cibercrimes.

A página, que por enquanto está disponível em inglês, foi desenvolvida para orientar os internautas, inclusive os pais, sobre como se proteger contra spam, conteúdos maliciosos e exploração sexual.

Ao clicar no ícone, o visitante da página escolhe que tipo de orientação deseja receber. O conteúdo foi criado por especialistas em segurança online. Entre as dicas, o Abuse and Safety pede aos usuários que notifiquem a central caso percebam que estão sofrendo algum tipo de ameaça ou risco virtual.

Crianças de hoje


CONVERSA DE DUAS CRIANÇAS!!!! (circulando na internet)

- E aí, véio?
- Beleza, cara?
- Ah, mais ou menos. Ando meio chateado com algumas coisas.
- Quer conversar sobre isso?
- É a minha mãe. Sei lá, ela anda, tipo assim, falando umas coisas estranhas, me botando um terror, sabe?
- Como assim?
- Por exemplo: há alguns dias, antes de dormir, ela veio com um papo doido aí. Mandou eu dormir logo senão uma tal de Cuca ia vir me pegar. Mas eu nem sei quem é essa Cuca, pô. O que eu fiz pra essa mina querer me pegar? Você me conhece desde que eu nasci, já me viu mexer com alguém?
- Nunca.
- Pois é. Mas o pior veio depois. O papo doido continuou. Minha mãe disse que quando a tal da Cuca viesse, eu ia estar, tipo assim, sozinho, porque meu pai tinha ido pra roça e minha mãe passear. Mas tipo, o que meu pai foi fazer na roça? E mais: como minha mãe foi passear se eu tava vendo ela ali na minha frente? Será que eu sou tipo adotado, cara?

- Sabe a sua vizinha ali da casa amarela? Minha mãe diz que ela tem uma hortinha no fundo do quintal. Planta vários legumes. Será que sua mãe não quis dizer que seu pai deu um pulo por lá?
- Hmmmm. pode ser. Mas o que será que ele foi fazer lá? VIXE! Será que meu pai tem um caso com a vizinha?
- Como assim, véio?
- Pô, ela deixou bem claro que a minha mãe tinha ido passear. Então ela não é minha mãe. Se meu pai foi na casa da vizinha, vai ver eles dois tão de caso. Ele passou lá, pegou ela e os dois foram passear. É isso, cara. Eu sou filho da vizinha. Só pode!
- Calma, maninho. Você tá nervoso e não pode tirar conclusões precipitadas.
- Sei lá. Por um lado pode até ser melhor assim, viu? Fiquei sabendo de umas coisas estranhas sobre a minha mãe.
- Tipo o quê?
- Ela me contou um dia desses que pegou um pau e atirou em um gato. Assim, do nada. Puta maldade, meu! Vê se isso é coisa que se faça com o bichano!
- Caramba! Mas por que ela fez isso?
- Pra matar o gato. Pura maldade mesmo. Mas parece que o gato, tipo assim, não morreu.
- Ainda bem. Pô, sua mãe é perturbada, cara.
- E sabe a Francisca ali da esquina?
- A Dona Chica? Sei sim.
- Parece que ela tava tipo junto na hora e não fez nada. Só ficou lá, paradona, tipo admirada vendo o gato berrar de dor.
- Putzgrila. Esses adultos às vezes fazem cada coisa tipo que não dá pra entender.
- Pois é. Vai ver é até melhor ela não ser minha mãe, né? Ela me contou isso de boa, cantando, sabe? Como se estivesse, tipo assim, feliz por ter feito essa selvageria. Um absurdo. E eu percebo também que ela tipo não gosta muito de mim.
Esses dias ela ficou tentando me assustar, fazendo um monte de careta.
Eu não achei legal, né. Aí ela começou a falar tipo que ia chamar um boi com cara preta pra me levar embora.
- Nossa, véio. Com certeza ela não é sua mãe. Nunca que uma mãe ia fazer isso com o filho.

- Mas é ruim saber que o casamento deles é essa zona, né? Que meu pai sai com a vizinha e tal. Apesar que eu acho que ele também leva uns chifres, sabe? Um dia ela me contou que lá no bosque do final da rua mora um cara, que eu imagino que deva ser muito bonitão, porque ela chama ele de 'Anjo'. E ela disse, tipo assim, que o tal do Anjo roubou o coração dela. Ela até falou um dia que se fosse a dona da rua, mandava colocar ladrilho em tudo, só pra ele pode passar desfilando e tal.
- Nossa, que casamento bagunçado esse. Era melhor separar logo.
- É. Só sei que tô tipo cansado desses papos doidos dela, sabe? Às vezes ela fala algumas coisas sem sentido nenhum. Ontem mesmo veio me falar que a vizinha cria perereca em gaiola, cara. Vê se pode? Só tem louco nessa rua.

- Ixi, cara. Mas a vizinha não é sua mãe?
- Putz, é mesmo! Tô ferrado, tipo assim, de qualquer jeito.
Dicionário inFormal

O dicionário de português gratuito para internet, onde as palavras são definidas pelos usuários. Uma iniciativa de documentar on-line a evolução do português.
Não deixe as palavras passarem em branco, participe definindo o seu português!


http://www.dicionarioinformal.com.br/

(http://www.gutenberg.org/

ANGÚSTIA

As minhas angústias
São amargas
Como o polém...
Elas vivem negras
E tem gosto de açúcar.
As minhas angústias
adormecem somente minhas.
Não navegam como o céu
Azul... turquesa, visto
Com outros olhos...
Detalhes de uma vida.
Vida apenas vista, enquanto
e padeço
Num sótão de alegrias
Mortas.

Um dia triste - 03/04/00 Xandy Britto

Dica de livros

Links legais

http://blogs.abril.com.br/agora

http://www.louvre.fr

http://marketinaweb.blogspot.com/

http://thirinhas.wordpress.com/

http://xandybritto.blogspot.com/

http://sandra-acasaenossa.blogspot.com

http://contoscantoseencantos.blogspot.com/

http://www.concursosliterarios.com.br

http://www.cbl.org.br/jabuti

http://www.ateliermeow.com

http://www.ultrapassandobarreiras.blogspot.com

http://escuteseusolhos.blogspot.com

http://www.neostesia.com

http://informlegal.blogspot.com/


http://marketing-na-web.blogspot.com

http://fatosetudo.blogspot.com

http://temtodasasmusicas.blogspot.com/

http://tododostempos.blogspot.com/

http://velozeseturbinados.blogspot.com



Arquivo do blog

Minha lista de blogs

Itens compartilhados de joyce

Labels